Código Aberto com Juliana Nascimento

codigo-junasc
Padrão

Já comentei que tenho ouvido muito o podcast Código Aberto. E o último episódio foi com a Juliana Nascimento, Head de Atendimento da R/GA. Não esperava muito deste episódio, mas fui surpreendido positivamente.

Juliana tem uma visão muito bacana sobre o papel das agências e também como deveria ser o papel do Atendimento dentro de uma agência. Sei que na prática não são flores, mas muito interessante o ponto de vista e como ela tem encarado as mudanças.

Confira o episódio.

[Opinião] Esquadrão Suicida

esquadrao-suicida
Padrão

Seguindo a maratona de filmes, fomos assistir o tão esperado Esquadrão Suicida. Se é bom? Continue lendo e saiba mais ;D

Trailer

Sinopse

Após a aparição do Superman, a agente Amanda Waller (Viola Davis) está convencida que o governo americano precisa ter sua própria equipe de metahumanos, para combater possíveis ameaças. Para tanto ela cria o projeto do Esquadrão Suicida, onde perigosos vilões encarcerados são obrigados a executar missões a mando do governo. Caso sejam bem-sucedidos, eles têm suas penas abreviadas em 10 anos. Caso contrário, simplesmente morrem. O grupo é autorizado pelo governo após o súbito ataque de Magia (Cara Delevingne), uma das “convocadas” por Amanda, que se volta contra ela. Desta forma, Pistoleiro (Will Smith), Arlequina (Margot Robbie), Capitão Bumerangue (Jai Courtney), Crocodilo (Adewale Akinnuoye-Agbaje), El Diablo (Jay Hernandez) e Amarra (Adam Beach) são convocados para a missão. Paralelamente, o Coringa (Jared Leto) aproveita a oportunidade para tentar resgatar o amor de sua vida: Arlequina. (por AdoroCinema)

E então?

Depois de muito, mas muito barulho, de muitos trailers espetaculares, enfim fui conferir o que seria a grande virada da DC nos cinemas. O resultado? É OK. Definitivamente, a DC consegue ser muito boa em produzir trailers espetaculares, mas os filmes são bem medianos. Bem verdade que Batman x Superman é MUITO pior que Esquadrão Suicida, mãããs…enfim.

De qualquer forma, vale a pena ainda ir e assistir o filme. Só não vá esperando muito do Joker no filme. Mas achei beeeem legal o papel da Arlequina. Ah, vá também se você gosta de um bom filme do Will Smith.

PS: A trilha sonora é linda. Estou ouvindo direto depois que assisti o filme. Clique aqui para conferir.

[Opinião] Star Trek: Sem Fronteiras

star-trek-beyond
Padrão

Depois de alguns meses sem ir ao cinema, eu e a Le decidimos assistir Star Trek: Sem Fronteiras, terceiro filme da nova safra.

Trailer

Sinopse

Desta vez, Kirk (Chris Pine), Spock (Zachary Quinto) e a tripulação da Enterprise encontram-se no terceiro ano da missão de exploração do espaço prevista para durar cinco anos. Eles recebem um pedido de socorro que acaba os ligando ao maléfico vilão Krall (Idris Elba), um insurgente anti-Frota Estelar interessado em um objeto de posse do líder da nave. A Enterprise é atacada, e eles acabam em um planeta desconhecido, onde o grupo acaba sendo dividido em duplas. (via Adoro Cinema)

E então?

No ano que completa 50 anos do primeiro Star Trek, Sem Fronteiras não decepciona. Acredito que dos 3 filmes da nova safra que saíram, este é, sem dúvidas, o melhor para mim. Além de trabalhar uma questão mais humana de cada personagem, trás uma interação nunca vista antes entre os personagens. Simples, mas também uma linda homenagem ao falecido, Leonard Nimoy. Definitivamente, vocês precisam assistir.

Hipsters.tech – Agilidade

Hipsters-05
Padrão

Depois de algumas semanas sem conseguir carregar o feed do NerdCast, enfim conseguiu ouvir o último episódio do NerdTech sobre Ecossistema Mobile. Para a minha grata surpresa, descobri neste episódio que o pessoal da Caelum / Alura resolveram criar um podcast próprio, o Hipsters.tech. E como eles mesmo se descrevem:

O Hipsters Ponto Tech é o podcast onde o pessoal da Caelum e da Alura entra em discussões acaloradas sobre programação, design, ux, gadgets, startups e as últimas modinhas em tecnologia. Ah! E sempre com convidados.

Até o presente momento, já saíram 6 episódios, todos muito interessantes. Para você que quer conhecer, vou recomendar o número 5, que fala sobre Agilidade (métodos ágeis). O papo rola com o host Paulo Silveira e os convidados: Ceci Fernandes (Caelum), Victor Hugo Germano (Lambda3) e Rafael Jaguá (Youse).

Clique aqui e ouça o podcast!

CoworkingDay 2016

templo-coworking
Padrão

Nos últimos 3 meses eu tenho trabalhado de forma remota. Muitas vezes o escritório era em casa mesmo, mas por muitas tantas, a necessidade de ver outras pessoas e ter com quem dialogar falava mais forte. Nesses dias a soluções foi correr para um Coworking.

De verdade? Tirando algumas vezes que precisei de uma horinha para terminar algum documento, nunca cheguei a ficar um dia inteiro trabalhando dentro de um Coworking e a experiência é bem legal. Para você que nunca teve essa experiência e está afim de vivenciar, o Coworking Day vem bem a calhar (até rimou rs).

O Eventos

header_site3

O Coworking Day é celebrado mundialmente para comemorar, das mais diversas maneiras, a criação de Brad Neuberg, que no dia 9 de Agosto de 2005 criou o conceito de “Coworking Space”, ao juntar-se com alguns amigos em uma casa para trabalhar, saindo do “home-office. O Coworking Day Brasil surgiu em 2012 com o objetivo de reunir e divulgar os espaços e o conceito de Coworking no país. Desde então, o número de coworkings participantes vem crescendo, assim como o número de adeptos, transformando a data em uma grande celebração!

Em 2015 o evento contou com 120 espaços de Coworking participantes em todo o Brasil, e foi considerado pelo próprio Brad Neuberg como o maior evento de Coworking Day do mundo. Confira o depoimento dado para nosso site. A ideia é que os coworkings abram seus espaços para comemorar e divulgar o conceito do coworking na comunidade em que estão inseridos.

Este ano, no Brasil, o Coworking Day será no dia 12 de agosto de 2016.

Mas o que acontece nesse dia?

Mais do que comemorar e compreender o conceito de um coworking, a proposta é que os coworkings façam atividades como: meetups, happy hours, palestras e também, disponibilizem algumas posições para pessoas trabalharem de graça! Só em São Paulo, são mais de 40 coworkings participantes (clique aqui e confira). Se você não é de SP, sem problemas, na página oficial do CoworkingDay Brasil, você encontra os coworkings participantes da sua região.

E agora?

Agora é com você. Procure os coworkings do seu estado, veja se tem algum próximo da sua casa ou do seu trabalho e participe. Tenho certeza que será uma experiência única e muito bacana para você. Quem sabe isso não te abra novas oportunidades? 🙂

Foto de capa: Templo.cc