Mais de dois meses sem trazer uma resenha de um filme, mas não significa que eu não vi nada (quer dizer, não vi muita coisa mesmo, mas enfim). Hoje trago minha opinião sobre o filme A Cura (The cure of wellness). Vamos lá?

Trailer

Sinopse

Um jovem e ambicioso executivo (Dane DeHaan) é enviado para os Alpes Suíços com a missão de trazer de volta o CEO da empresa, em tratamento em um ‘Centro de Cura’. Após sofrer um acidente automobilístico, no entanto, o rapaz acaba internado na mesma instituição, cujo corpo médico promete purificar os pacientes por meio de uma água milagrosa – e que se localiza em um lugar de passado misterioso. Incapacitado de retornar para casa, o personagem passa a duvidar da própria sanidade, ao mesmo tempo em que desconfia da motivação do doutor responsável pelo “spa”. (Adoro Cinema)

» [Opinião] A Vigilante do Amanhã – Ghost In The Shell

E então?

Ao assistir o trailer, a expectativa foi bem alta. De um modo geral, o filme não decepciona, apesar de achar um tanto quanto confuso. Algumas datas não fazem sentido, mas é no mínimo curioso a história do filme.

Mas acho interessante como o filme aborda a tal cura, para as impurezas do mundo. Ainda mais com o personagem Lockhart, um cara totalmente focado no trabalho, querendo crescer na empresa que trabalha e não se deixa abalar. Será que estamos mesmo vivendo ou aos poucos morrendo, precisando de uma cura?

You Might Also Like

  • Leny Riga

    Eu esperava bem mais do filme, mas apesar de tudo o enredo ainda é bom 🙂